Escolha uma Página

açom rede feminista galega em compostela o 28 de novembro do 2.009                     enlace com fotogaleria rizlinha

rede feminista galega

Convidamos a assistir às jornadas sobre o aborto desde umha perspectiva de género que vam ter lugar em Vigo na Casa das mulheres o 27 de novembro às 19:00 h. com entrada libre até completar aforo , nas que contaremos com:

Jose Luis Doval Conde (chefe do serviço de ginecología de Ourense)

Doris Benegas Haddad (feminista e advogada)    

 

Neste 25 de novembro volvemos a ter que lembrar a violência de género e imos seguir denunciando que aínda queda muito que fazer. Despois de anos de luita as mulheres conseguimos que se aprovaram leis específicas que reconhecem a violência de género como um problema social que tem a sua origem nas normas estabelecidas na cultura patriarcal.

Mas aínda nos queda muito que mudar para rematar com as agressons machistas. Para nós as violaçons e agresssons sexuais, os malos tratos físicos e psíquicos, o controlo sobre a nossa sexualidade, a discriminaçom salarial, a feminizaçom da pobreça, a falta de reparto equitativo nas tarefas domésticas, a negaçom do nosso direito a decidir livremente sobre a nossa saúde reproductiva, as dificuldades “extra” para a participaçom social e a vida pública, a continuidade das exigências de rol e a escasa atençom efectiva que todo isto provoca nas instituçons forma parte da nossa vida cotiá.

Nos últimos tempos ante o debate do anteprojecto de lei do aborto assistimos a umha campanha em contra de que as mulheres poidamos decidir interrumpir voluntariamente o embaraço. Isto constitue sem dúvida umha agresson aos diretos básicos, à capacidade de decidir como pessoas de pleno direito, mas tambem é um recordatorio do muito que nos queda por combater, do muito que nos queda por construir para chegar a viver num mundo mais justo, solidario, feminista.

Acude o sábado 27 às 11:30 h na praça do pam – Cervantes- Compostela açom feminista convocada pola rede feminista galega.

Actividades convocadas pola MMM : http://www.feminismo.info/webgalego/